quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

"A Fuga" de Heleen Van Royen (2005)


Heleen van Royen é uma das mais conhecidas e polémicas escritoras holandesas. Jornalista de formação académica, trabalhou para muitos jornais e revistas.

O seu primeiro romance "A dona de casa feliz" foi logo bestseller, e com o dinheiro desse livro comprou uma casa no Algarve, em Alcantarilha.


Veio viver para Portugal por razões práticas, porque é muito fácil voar entre a Holanda e Portugal e por causa do clima. E gosta das pessoas porque são muito simpáticas e calmas.

Durante um ano, manteve duas casas, uma na Holanda e outra no Algarve. E depois decidiu vender a casa na Holanda, para ficar a viver definitivamente em Portugal com o marido e os seus dois filhos.


“Fuga” (2005)

No seu livro “Fuga” ("De ontsnapping"), Júlia é casada com Paul e mãe de duas crianças, Isabel e Jimmy. Está a ficar farta do casamento, porque já não é o que sonhara.

A paixão já se fora há muito tempo e a vida sexual não funciona. Começa a sonhar em fugir, pois sente-se encurralada.

Abandona a Holanda e parte para Portugal onde aluga uma casa em Seis Marias, perto de Carvoeiro. Ela está só e quer arranjar amantes, mas tem 38 anos e, em Albufeira, encontra muitos jovens bêbedos que não estão interessados numa mulher da sua idade, pelo que acaba por arranjar problemas.


"Nós por eles" (RTP 2)

"Nós por eles" é um programa da RTP 2 que relata a visão de cinco escritores estrangeiros sobre Portugal: Robert Wilson, Richard Zimler, Romana Petri, Heleen van Royen e Gerrit Komrij.

Sem comentários: