sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Versões de temas de Frederico Valério com sucesso internacional

Frederico Valério (1913-1983) foi um dos mais inspirados compositores portugueses de música ligeira.

Durante os anos quarenta e cinquenta, viveu entre Portugal e os Estados Unidos, tendo regressando definitivamente a Portugal em 1955.

Foi um dos poucos compositores portugueses a obter sucesso internacional, tendo estreado em 1954 na Broadway os musicais "On with the show" e "Hit the Trail".

A canção "Partir, Partir" foi divulgada internacionalmente, em 1948, na sua versão em inglês: "Don´t Say Goodbye" (com letra de Leslie Saunders).

A versão inglesa de "Ai Mouraria", "Star of the Night", foi gravada por Vic Damone e Eddie Fisher, entre outros. A letra era de Mitchell Paris, autor de êxitos como "Night and Day" e "Beguin the Begin".

Em 1960, Maria Candido, uma cantora francesa, nascida em Hyères, em 1922, de seu verdadeiro nome Simone Marius, grava "Les Cloches de Lisbonne", versão do "Fado da Madragoa" imortalizado por Amália. O tema obtém um grande sucesso em França, sendo regravado - como era habitual na época - por muitos artistas de renome: Tino Rossi, Luis Mariano, Gloria Lasso, Bob Azzam, Francisco Grandey, Marcel Azzola, Pierre Carré.

Fontes: Macua, wikipedia, encyclopedisque



Letra de "Les Cloches de Lisbonne" (extracto)

Les cloches de Lisbonne
Au matin, quand c'est dimanche
Se souviennent encore
En voyant les voiles blanches
Qu'elles sonnaient autrefois
Quand un marin du Roi
Quittait la rade immense
Et que, les larmes aux yeux,
Il entendait l'adieu
Des cloches de Lisbonne (...)

Les pigeons bleus des églises
Nichés au creux des clochers
Soudain se sont réveillés
Et vont tournoyer
Dans les pierres grises
Sous le ciel clair et tranquille
D'un beau printemps portugais
La chanson des campaniles
Montant sur la ville
Fait comme un bouquet

Video: "Les Cloches de Lisbonne"

Sem comentários: