domingo, 23 de dezembro de 2007

Rui da Silva no nº 1 do Top Inglês (2001)

Rui da Silva é um produtor português cujo single "Touch Me", escrito e cantado pela cantora inglesa Cassandra Fox, alcançou o nº 1 do top de vendas inglês em 2001.

Foi o primeiro artista português a obter um sucesso no Reino Unido.

O seu primeiro sucesso foi "Não", lançado em 1993, sob o pseudónimo Doctor J, que utilizava samples de um tema dos "Xutos & Pontapés". Posteriormente, formou com DJ Vibe (Tó Pereira) o grupo USL (Underground Sound of Lisbon) que alcançou um sucesso mundial, ainda que apenas na cena de dança, com o single "So Get Up" vocalizado pelo norta-americano Darin Pappas (que mais tarde formaria os "Ithaka").

Photobucket

Como se desencandeou o fenómeno "Touch Me"

“Tem sido um crescendo, desde há uma série de meses para cá. Começámos a promover o disco, ainda na Kismet (editora do artista), em Junho, e as coisas foram crescendo até culminar com o número um.

Fizemos alguns acetatos, colocámos nas mãos certas de alguns DJs e deixámos que o disco se desenvolvesse nas discotecas. No final do Verão havia já grande procura do disco. O disco passou depois para a rádio, tocou nos programas especializados de música de dança e atingiu todos os tops, de discos da semana aos "pick of the week".

A partir daí, surgiu interesse de editoras em assinar o disco. Houve semanas caóticas, em Outubro, em que o telefone não parava de tocar. Achámos que a Arista era a editora certa com as pessoas certas. O chefe do departamento de A&R é uma pessoa com o mesmo background que eu " música de dança, sair à noite nas discotecas"

E o A&R responsável pela música de dança na Arista tinha os meus discos todos. Sempre acreditei que era um disco que poderia ir ao Top 5 inglês e que, editado na semana certa, poderia atingir o número um. Mas não queria que fosse um caso de uma editora comprar os direitos, vender o disco, ganhar uma pipa de massa e pôr tudo na gaveta. Andava à procura de uma editora que desenvolvesse a minha carreira como artista, que me possa entusiasmar para conseguir melhores resultados no futuro."

Photobucket

Sobre a repercussão de trabalhos anteriores

"Pelo que me apercebo, as pessoas gostam bastante da música que faço, já de há uns anos para cá. Quando me mudei para Inglaterra é que me comecei a aperceber do impacto que as músicas que tenho feito nos últimos sete ou oito anos têm tido, não dentro de um leque muito grande de pessoas " porque nunca tive oportunidade de ter a exposição que tenho com este disco -, mas junto do público especializado, das pessoas que são quase viciadas em música. Essas gostam do meu trabalho, têm uma série de discos meus. Simplesmente, as pessoas gostam da música que faço."

Como conheceu Cassandra Fox

"Ia buscar a minha mulher [que é inglesa] ao trabalho, num cocktail bar em Picadilly. Ouvi uma miúda a cantar na rua e achei que era indicada para cantar numa música que estava a fazer na altura. Convidei-a, trocámos números de telefone, liguei-lhe na semana seguinte e combinámos. E a minha música não é bem a onda dela. Quando a encontrei estava a cantar uma música rock qualquer, acompanhada por uma banda. Mas achei que tinha aquilo que precisava."

Fonte: Netparque, Wikipedia

Apesar das expectativas iniciais, e de ter, na altura, remisturado temas de Jennifer Lopez e Lighthouse Family, o sucesso não se repetiria, pelo que Rui da Silva ficou rotulado, em Inglaterra, como sendo mais um "One Hit Wonder" (artista de apenas um único êxito). Contudo ninguém lhe tira o mérito de ter sido o primeiro, e até agora, único artista português a atingir tal feito.

Sem comentários: